Energia Fotovoltaica ganha destaque no Agronegócio

Energia Fotovoltaica ganha destaque no Agronegócio

Instalação do sistema pode reduzir até 90% na conta de energia elétrica.

Neste mês (dia 28 de julho), comemora-se o Dia do Agricultor e temos muita gratidão em fazer parte da expansão dos negócios deste segmento.

Os agricultores merecem homenagem não só por sua ampla importância na economia brasileira, mas também por realizarem um dos serviços mais relevantes para a sociedade.

A data foi criada em 1960, juntamente com a fundação do Ministério da Agricultura.

Vantagens do Sistema Fotovoltaico no Agronegócio

No agronegócio, ganha destaque a energia solar que, embora necessite de algum investimento inicial, a médio prazo oferece economia e segurança para as atividades no campo. Os produtores rurais que adotam o sistema de painéis fotovoltaicos têm uma série de vantagens relacionadas aos custos, aumento de produção, selos de qualidade e imagem institucional.

Além de todos os benefícios, pode-se reduzir a conta de energia em mais de 90%, podendo gerar investimento para outros setores da produção. O tempo de retorno varia, geralmente, entre 4 e 7 anos e a vida útil do sistema é superior a 25 anos.

O campo é, contudo, um dos locais com maior potencial para aproveitamento da irradiação solar. Além do bombeamento de água, a energia solar fotovoltaica pode ser usada para iluminação, ventilação e resfriamento de grãos em silos.

Conforto animal e sistemas de ordenha também obtêm benefícios com a tecnologia, bem como resfriadores para produção leiteira e cercas elétricas para manejo de gado. A energia solar térmica oferece ainda vantagens para controle do ambiente interno de estufas agrícolas.

Confira projeto feito exclusivamente para empresas do agronegócio, aqui.